Como a sua empresa conecta os Stakeholders e a Estratégia? Algumas perguntas podem esclarecer esse cenário: Quais são os principais stakeholders que guiam os rumos de sua organização? A estratégia organizacional considera esses stakeholders?

Muitas vezes não nos damos conta da quantia de stakeholders que são envolvidos nas decisões que tomamos, que além de impactar os funcionários, investidores e clientes, influenciam grupos externos como sindicatos, mídia, sociedade civil, estado, conselhos de classe e tantos outros. Além disso, todos esses players tendem a influenciar sua organização, ou seja, também somos impactados pelas decisões deles.

Cada empresa responde de maneira única aos seus stakeholders, onde cada um exercerá maior ou menor pressão de acordo com as características da empresa (ramo, o perfil da gestão, o porte, a região de atuação, etc…), da mesma maneira, a estratégia organizacional também impactará cada stakeholder de maneira única. 

Os stakeholders poderão até serem classificados, entre os primários, aqueles de impacto mais visível e frequente, como os clientes de uma panificadora ou os acionista de uma startup, como os secundários, aquele que aperam menor impacto, como uma ONG ou um distante fornecedor de uma indústria automobilística.

Mas cuidado! Os stakeholders secundários podem parecer de menor preocupação, mas uma vez que a crise desse agente chegue a organização, ela pode causar danos expressivos e mais difíceis de serem contornados.

E qual a importância de conhecer os stakeholders  para a estratégia organizacional?

Stakeholders e Estratégia organizacional

Todas as mudanças que ocorrem na organização, como o lançamento de um produto, a contração ou demissão de um funcionário, a divulgação de uma publicidade, ajustes nos organogramas, terceirização de atividade e tantas outras ações, podem ter repercussões tão negativas a ponto de serem inviabilizadas ou prejudicarem em excesso a imagem da empresa.

Um situação exemplar é aquela oportunidade de melhoria que irá proporcionar grande vantagem competitiva, porém, quando ela entra em operação, a necessidade de se justificar para grande quantia de stakeholders pode gerar aquela “dor de cabeça”, que faz com que o empresário até repense a melhoria.

Além dos impactos negativos, conhecer os stakeholders pode dar a oportunidade gerar maior engajamento e também distribuir valor para todos os membros que a ela são importante, direta ou indiretamente, dessa maneira proporcionando o crescimento consciente da organização, como pode ser visto aqui.

Estudos de estratégia devem se preocupar contemplar a análise dos stakeholders, de modo a viabilizar a aplicação prática e a efetiva operacionalização do que se propõe. O diagnóstico e a análise de stakeholders compõem os estudos da área de Estratégias Organizacionais da Smart3. Para conhecer os Stakeholders da empresa e maiores informações entre em contato.

#estratégiaorganizacional #stakeholders #oportunidadesemelhorias #Smart3

CONTATE NOSSOS ESPECIALISTAS!

Leave a Reply

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.