Skip to main content

Em um setor florestal acostumado com lentas mudanças, os pellets de madeira tem ganhado destaque no mercado e se tornado uma importante tendência.

E há boas justificativas para isso!

De modo geral, o uso de pellets de madeira surge com uma alternativa para promover uma queima menos poluente.

Esse uso se dá em um ambiente de apelo, cada vez maior, para o uso sustentável de recursos naturais.

Mas afinal, o que são pellets e porque estão se tornando uma tendência?

Entenderemos por meio dos seguintes tópicos:

  • O que é e como são feitos?
  • Quais os principais usos desse material?
  • Mercado de pellets de madeira
  • Tendências para o Mercado de Pellets

Continue no artigo e saiba mais!

O que é e como são feitos?

Os pellets de madeira são biocombustíveis feitos de fibra de madeira comprimida. São produzidos principalmente dos resíduos que sobraram dos processos de colheita ou transformação da madeira.

produção de pellets de madeira

Fonte: Nutriagro, 2019

Cada vez mais, os resíduos da colheita na floresta e toras de baixa qualidade, uma vez deixadas como resíduos, são fonte de matéria-prima para fabricação dos pellets.

Além disso, os resíduos gerados na transformação da madeira também podem ser utilizados na produção dos pellets. Lembrando que esse tipo de resíduo é gerado principalmente nas indústrias de madeira serrada, compensado e painéis.

Ao fabricar pellets de madeira a partir de resíduos, o setor de pellets de madeira está reduzindo o desperdício e transformando esses detritos em um biocombustível valioso e de baixo carbono.

Para criar pellets de madeira, os produtores removem a umidade da madeira que entra, trituram a fibra em pó e comprimem em pequenos cilindros – pellets – normalmente com 6 ou 8 mm de diâmetro e comprimento de até 40 mm.

Uma fonte de calor é aplicada neste processo que faz com que a lignina atue como uma cola para manter as partículas comprimidas juntas.

Posteriormente, o resultado é um produto seco, altamente comprimido e de alto valor energético, que pode ser facilmente manuseado e transportado de forma eficiente por longas distâncias.

Quais os principais usos dos Pellets de Madeira?

Os pellets de madeira são usados ​​em aplicações domésticas, tais como fogões e lareiras, e industriais, como em caldeiras. Muitas famílias usam os pellets de madeira para aquecer suas casas.

As emissões de partículas resultante da queima de pellets são semelhantes, até menores, do que as caldeiras e fornos convencionais que utilizam combustível fóssil.

Para a produção de eletricidade, os pellets de madeira são usados ​​como alternativa de baixo carbono no lugar do carvão. Os pellets são moídos de volta ao pó, o pó é combinado com o ar e a mistura resultante é fonte para geração vapor, que movimentam a unidade geradora, transformando energia mecânica em elétrica.

Adicionalmente, também se usa pellets na higiene de animais domésticos, para forração de gaiolas, baias de cavalos, caixas de gatos, pisos, etc, o que fornece aos animais conforto e para seus donos, praticidade e economia. Ademais, o uso se torna uma opção ecologicamente correta e sem consequências negativas para os animais.

Outro uso é no aquecimento de aviários, sendo um fator relevante, pois, o Brasil é o maior exportador de aves e o terceiro maior na produção de frango de corte do mundo. A geração de conforto térmico nas avícolas é muito importante para uma boa produção.

No Brasil, a principal consumo interno de pellets está sobre 5 grandes finalidades: Industrial, para aquecimento de água e ar, uso em comércios doméstico e de higiene animal.

Mercado de pellets de madeira

O mercado mundial de pellets cresce ano após ano. Segundo o relatório 2021 do IBÁ (Indústria Brasileira de Árvores), a exportação deste material cresceu 66%, atingindo 361 mil toneladas em 2020.

O principal destino para os pellets de biomassa brasileiros, de madeira de pinus, foi a Itália. Para o mercado do Reino Unido predominaram a exportação de pellets de resíduos da acácia.

exportação pellets de madeira

Fonte: Smart3, 2022

Atualmente, o principal fornecedor de pellets de madeira no mundo continua sendo os EUA, com 26% do comércio global, seguido do Vietnã.

Por outro lado, a Rússia se tornou um fornecedor essencial de pellets para empresas de energia europeias e embarcou cerca de 2,2 milhões de toneladas em 2021, a maioria para os países Dinamarca e Bélgica. No entanto, esse comércio foi interrompido quando a Rússia invadiu a Ucrânia.

A produção e exportação de pellets brasileiro aumentou nos últimos anos, passando de 75 mil toneladas produzidas em 2015 para 506 mil toneladas em 2020 exportando cerca de 25 mil para 410 mil toneladas no mesmo período. Tem-se no Brasil, atualmente, cerca de 30 empresas produtoras de pellets.

Tendências para o Mercado de Pellets de Madeira

Como apresentamos inicialmente, há grande movimento pelo uso de energias renováveis. Essa tendência, por si só, já seria importante propulsor para o crescimento desse mercado.

Adicionalmente, questões políticas e macroeconômicas europeias, se mostram promissoras para a o consumo de pellets de origem brasileira.

A diversificação do uso doméstico também surge como importante mercado demandante.

Por outro lado, cabe destacar o aumento de concorrência por esses materiais madeireiros, em um mercado florestal bastante agitado. Novas plantas de celulose vêm sendo divulgadas e há baixa perspectiva de incremento na área plantada florestal.

Finalmente, embora esse mercado de pellets de madeira atualmente movimente valores relativamente baixos, quando comparado a outros produtos do mesmo setor, evidencia-se o potencial de expansão desse material.

Conte com o apoio da Smart3!

A Smart3 tem vasta experiência em estudos para empresas florestais e relacionados a sustentabilidade empresarial.

Conte com a smart3! Fale com nossos especialistas!

 

Fale com nossos Especialistas!

Perguntas Frequentes

⭐O que é um Pellet?

O Pellet são biocombustíveis feitos de biomassa. São produzidos principalmente a partir dos resíduos que sobraram dos processos de colheita ou transformação da daquela matéria.

⭕ Qual o preço dos pellets de madeira?

A tonelada dos pellets de madeira pode custar entre de R$ 500,00 e R$800,00, para ser retirado na fábrica. O preço pode variar de acordo com o perfil da biomassa, certificações e tipo de Embalagem.

Por outro lado, para o consumo doméstico, o custo de um saco de 15kg, em geral, pode variar entre R$25,00 e R$50,00.

⭐ Como é feito o pellet de madeira?

Os produtores removem a umidade da madeira que entra, trituram a fibra em pó e comprimem em pequenos cilindros – pellets – normalmente com 6 ou 8 mm de diâmetro e comprimento de até 40 mm.

⭕ Quem usa pellets?

Os pellets de madeira são usados em aplicações domésticas, tais como fogões e lareiras, e industriais, como em caldeiras.

⭐ Para que serve um pellet?

Os pellets, de madeira e demais biomassas, são um combustível limpo de uso industrial e doméstico, além possuir importantes característica na absorção de umidade, que dessa forma pode ser utilizado como meio higiênico para forração de gaiolas, baias de cavalos, caixas de gatos.

Tire suas dúvidas Conosco

Leave a Reply

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.