Skip to main content

Ao longo da história, os momentos de crise e incertezas estimularam novas inovações e visões alteradas sobre o que é mais importante para as pessoas. A pandemia de 1918 popularizou tanto o uso do telefone que as operadoras de comunicação acionadas por pessoas não conseguiam manter um ritmo. 

Já na era da Guerra Fria, a ascensão na aquisição de televisores pelas famílias influenciou diretamente como as pessoas estavam visualizando o conflito percebido quando a Guerra do Vietnã se tornou a “Primeira Guerra Televisada” do mundo.

E, mais recentemente, com as questões de mudança climática e igualdade de gênero se tornou o centro do palco, as pessoas começaram a exigir mais das empresas. 

Com uma pandemia onipresente, teve-se de encontrar novas maneiras de socializar em um mundo onde o distanciamento social rapidamente se tornou a norma. Trabalhar teve que ser redesenhado para que as pessoas pudessem fazer seus trabalhos com segurança e produtividade, compras de supermercado, jantar fora, educação e tratamento médico mudou fundamentalmente. 

Para saber mais desse cenário do novo normal e as tendências mercadológicas para as empresas, não deixe de conferir este artigo! 

Acompanhe o texto pelos seguintes tópicos:

  • Cenário novo normal!
  • Quais as tendências mercadológicas para 2021?
  • Conte com o apoio da Smart3!

Cenário novo normal!

De empresas a governos, todos precisaram encontrar novas maneiras de navegar neste novo mundo. Assim, um novo cenário foi criado!

  • Valorização da produção local: incentiva, empresas e consumidores a valorizar o produto local, tornando assim, a mercadoria mais competitiva no mercado, principalmente contra produtos concorrentes que chegam de outras regiões. Isso é uma forma de estimular os produtores locais a produzirem mais, criando empregos, aumentando a renda familiar e trazendo mais incremento para a economia do estado. 
  • Limitação dos pontos de contato: com a pandemia, os pontos de contato ficaram um pouco mais restritos, menos otimizados e gerando menores impactos para as empresas. Esses pontos precisam ser considerados e estarem otimizados para que possam ser positivos e levarem à conversão de novos clientes e embaixadores de marca.
  • Delivery: para muitas empresas, como IFood e Uber Eats obtiveram um aumento significativo com a pandemia já que essas corporações trabalhavam com esse sistema. No caso dos estabelecimentos que não usavam esse serviço, tiveram que fazer uma rápida adaptação, já que essa opção de entregas foi a única forma de garantir algum tipo de venda, mesmo na quarentena. Após a pandemia, ainda se comenta de manter esse sistema devido a não necessitar dispensar funcionários, reduzir salários, além do maior conforto e possibilidade para o cliente na hora da compra de algum produto. 
  • Home Office: as empresas se adaptarão na pandemia utilizando o home office para evitar o contágio entre seus colaboradores do vírus Sars-Cov-2 (Covid – 19), segundo estudos essa mudança no ambiente corporativo deve virar tendência, aliada com o avanço tecnológico.  
  • Restrições financeiras: a crise pandêmica despertou nos empreendedores brasileiros a urgência de uma gestão de crise bem elaborada, as empresas começaram a preservar o fluxo de caixa, visando dar mais longevidade ao seu negócio, desta forma, realizando alguns cortes de gastos para evitar o encerramento de suas atividades.
  • Solidariedade social:  além das empresas aumentarem sua reputação e se fortalecerem, as ações de solidariedade e gentileza unem funcionários, clientes, comunidades e atrai novos investidores, ademais, o ativismo social transforma e gera conectividade.
  • Consumo + racional: o consumo responsável começa por ações simples, como preferir lavar a calçada com balde e não mangueira, também ele vai muito além de somente as atitudes pessoais, empresas estão cada dia mais se adequando a esse novo tema, pode-se observar que as corporações estão buscando soluções, como: reutilização de resíduos resultantes de processos fabris, uso racional da água, etc.
  • Tecnologia como apoio: segundo Galvão Filho, a utilização de tecnologias que ajudem a ultrapassar as limitações funcionais dos seres humanos num contexto social, é de extrema importância para identificar não só os aspectos puramente tecnológicos, mas também os aspectos relacionados com os fatores humanos e socioeconômicos. 

Quais as tendências mercadológicas para 2021?

  • Negócios digitais: as vendas por marketplace, redes sociais e aplicativos foram essenciais em 2020 para o sucesso das empresas que dessa forma se reinventaram para não fecharem as portas. Após o consumidor ter uma boa experiência no ambiente virtual, ele irá continuar fazendo compras online. Com isso, as corporações irão querer humanizar esse ambiente de atendimento virtual ainda mais para que haja melhor interação entre o cliente e a empresa. 
  • Tecnologia: a rápida aderência das pessoas pelos pagamentos sem contato foi muito acelerada pela pandemia. Desse modo, há um grande espaço para os empreendedores inserirem sistemas de pagamento por QR codes, aproximação, transferências, etc. Também, há uma tendência no aumento do e-commerce e as novas experimentações de produtos no mundo virtual. 
  • Treinamento e comunicação: nesse período pandêmico, houve aumento significativo nas ofertas de capacitações das empresas para com seus funcionários, principalmente do tipo e-learning que é uma técnica de educação à distância que reforça os recursos audiovisuais e interativos para aprimorar a absorção do conhecimento. É uma tendência que veio para ficar, devido às corporações terem percebido uma melhora no desempenho dos funcionários.
  • Consumo sustentável: durante esse período de distanciamento e isolamento social, as pessoas começaram a perceber e ponderar as suas reais necessidades. Como consequência, a consumação de itens supérfluos está cada vez mais reduzido e novos hábitos vem sendo criados, especialmente por consumo de alimentos orgânicos, aquisição de produtos locais e oriundos de processos sustentáveis.

Conte com o apoio da Smart3!

A Smart3 é apoia todo desenvolvimento empresarial, no intuito de alavancar a sua empresa.   

Portanto, se após ler esse artigo, desejar saber como pode estar adotando medidas benéficas para a sua empresa estar um passo à frente dos concorrentes. Entre em contato com a Smart3! A empresa detém os profissionais corretos para auxiliar nesse processo.

Pois, você irá precisar da ampla experiência na área de Tendências Mercadológicas, que a Smart3 tem!   

Então não perca mais tempo e fale com nossos especialistas!

Leave a Reply

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.