Skip to main content

Para uma gestão empresarial é imprescindível que haja o controle e monitoramento de informações. Pois, isso permite antever possíveis crises e planejar melhor a empresa para qualquer situação.

E um exemplo de supervisão indispensável para essas empresas florestais é o inventário florestal. Essa medida traz muitas vantagens para as empresas, no entanto, a falta desse recurso também pode resultar em prejuízos.

Mas, quais são eles?

Para descobrir sobre os impactos de não realizar um inventário florestal, não deixe de conferir este artigo.

Nele é possível entender mais sobre o inventário florestal, a sua importância e também os desdobramentos de ter ou não tê-lo. Para acompanhar o artigo, confira os seguintes tópicos:

  • O que é inventário florestal?
  • Qual a importância de ter um inventário florestal atualizado?
  • Quais são os impactos de não realizar um inventário florestal?
  • Conte com o apoio da Smart3!

O que é inventário florestal?

Segundo Hush e colaboradores (1993), o inventário florestal compreende um procedimento para obter informações sobre a quantidade e qualidade dos recursos florestais.

Com ele é possível extrair diversas características sobre as árvores, como altura, diâmetro, presença de pragas, danos mecânicos, entre outros.

inventário florestal Diâmetro

Consequentemente, pode-se conhecer o estoque de madeira disponível, estimar a informação para a área total e, com isso, programar os ciclos de corte e também criar planejamentos estratégicos.

Existem diversos tipos, em geral, eles são realizados a partir de amostragem de áreas conhecidas e que, posteriormente, serão extrapoladas para a população total, com isso, gerando economia de tempo e recursos. Assim, diferentemente do censo – que utiliza a medição de todas as árvores para gerar resultados. Resumidamente, as formas mais comuns de inventário são:

Convencional

Também conhecido como inventário temporário, este método é mais comum e apresenta exatidão quando realizado. Afinal, ele é utilizado para saber a quantidade de madeira em estoque.

Contínuo

Este, por sua vez, é utilizado para analisar um marco de tempo maior. Neste caso, a média anual de volume de madeira e com isso, identificar as mudanças ocorridas no período.

Inventário florestal de pré-corte

Este inventário tem o objetivo de informar o volume de madeira de cada ativo florestal para ser cortado e então comercializado.

Sobrevivência

Neste último caso, o estudo é feito visando identificar o percentual de falhas e também de sobrevivência das mudas de árvores.

Além desses inventários, há outros aspectos que diferenciam os levantamentos sejam por abrangência ou obtenção de dados (censo/amostragem).

Ademais, também é possível ter diferentes inventários florestais desde o nível de detalhamento ou dos objetivos dos mesmos. Como por exemplo, o inventário tático e o inventário estratégico.

Todos estes aspectos variam a partir das etapas do levantamento que envolvem grau de precisão, escolha da população e etc.

Qual a importância de se realizar 

Independentemente do tipo de inventário florestal, é importante que uma empresa realize o levantamento. Assim, com base nos dados é possível criar planejamentos a partir da identificação de:

  • Ciclos de corte;
  • Volume de madeira por sortimento;
  • Desenvolvimento da floresta;
  • Produtividade média da floresta;
  • Identificação das espécies e entre outros.

Todos esses fatores são importantes para uma boa gestão florestal, afinal, com eles é possível ter planejamentos bem embasados. Ademais, após implementar estratégias, é realizável o monitoramento com novos inventários.

Esse ciclo é importante para tomar decisões assertivas.

Quais são os impactos de não realizar o inventário florestal?

Com a realização de um inventário florestal, a empresa tem total controle sobre seus ativos. Por isso, quando uma corporação deixa de fazê-lo, ela não tem o real conhecimento sobre a produtividade das florestas e os desdobramentos disso para a instituição.

Além disso, quando uma empresa pretende negociar uma floresta, é preciso atualizar o inventário. Pois isso garante a precificação justa do que está sendo negociado principalmente frente aos preços do mercado.

E por último, mas não menos importante, a ausência de um inventário florestal inabilita muitas ações da empresa. Entre elas está o fato de não poder efetuar ações de manejo fora do período adequado às florestas.

Esse fator é muito importante pois incide diretamente no grau de otimização da produção e também da qualidade das florestas.

Conte com o apoio da Smart3!

Devido às razões acima, você pode precisar de ajuda para realizar um inventário corretamente. Neste sentido, a Smart3 apoia todo o processo produtivo florestal e, por isso, detém os profissionais corretos para auxiliar no inventário florestal.

Portanto, se após entender a importância do inventário florestal e precisar realizar um, faça a escolha certa!

Pois, você irá precisar da ampla experiência na condução, auditoria e gestão de inventários florestais que a Smart3 tem!

Então não perca mais tempo e fale com nossos especialistas!

2 Comments

Leave a Reply

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.