Skip to main content

Existem muitos fatores a se pensar durante a administração de uma empresa florestal. E, normalmente, alguns aspectos realmente relevantes são deixados de lado, devido à correria e priorização de outras demandas da organização.

Entretanto, é necessário trabalhar ao máximo o nível organizacional para contemplar todos os pontos importantes para uma empresa. Nesse sentido, um ponto bastante pertinente e muitas vezes negligenciado é a gestão florestal, principalmente para pequenas áreas ou novos produtores!

Em um período em que existem novos investidores se iniciando no negócio florestal é preciso que, desde o início, eles estejam amparados com essa visão de gestão. Por isso, se você deseja entender sobre a importância da gestão florestal, não perca tempo!

Pois, este post aborda todo o tema, apresentando os benefícios trazidos por essa administração. Acompanhe o texto pelos tópicos abaixo:

  • O que é gestão florestal?
  • Ascensão da gestão florestal nas empresas
  • Importância da gestão florestal para os pequenos negócios

O que é a gestão florestal?

Por mais óbvio que pareça, muitos produtores não entendem realmente a gestão, tampouco conhecem os seus benefícios. Mas esse conceito consiste em tornar a administração sustentável, de maneira que otimize o retorno ao proprietário, por meio do planejamento das atividades de silvicultura, colheita, manutenção patrimonial, entre outros.

Além disso, ele diz respeito aos fatores econômicos, jurídicos, sociais e ambientais. Afinal, a gestão florestal tem o objetivo de racionalizar os recursos para causar cada vez menos impacto e maior retorno.

Outro ponto que corriqueiramente passa despercebido em empresas florestais é a coordenação de atividades administrativas, seja por meio de melhores processos, de canais de comunicação mais ativos e sistemas eficazes. 

Ascensão da gestão florestal nas empresas

O setor florestal ainda é conservador, por sua natureza, muitos acreditam que é difícil conciliar a gestão em empresas florestais. Entretanto, essa ligação já vem ocorrendo, principalmente em grandes companhias, porém em pequenos e médios produtores ainda é lenta a aplicação desses conceitos!

Em geral, a produtividade da empresa pode variar drasticamente de acordo com a gestão aplicada. No setor florestal não é diferente, tanto para empresas apenas produtoras como as verticalizadas, que detém a indústria. 

Apesar da atividade florestal depender drasticamente de questões ambientais, como clima e solos, há muito o que se observar para uma boa administração do negócio.

A gestão florestal ineficiente pode gerar custos e a perda de efetividade nas operações, que podem até impactar na sanidade e homogeneidade das florestas. Exemplos de impactos negativos podem ser:

  • Problemas de manejo (formigas, matocompetição, pragas, aceiros sujos etc.);
  • Perdas de prazos administrativos;
  • Multas ambientais;
  • Vendas ruins e;
  • Dificuldade de acesso e retirada de madeira.

Importância da gestão para produtores florestais

Além da contribuição à sustentabilidade corporativa, a gestão garante outros aspectos relevantes para todos os tipos de negócios. Entretanto, isso não é de conhecimento de todos e, em alguns momentos, não é a prioridade.

Apesar disso, os impactos da gestão florestal são melhores do que é possível imaginar. Confira abaixo quais podem ser:

Custo-benefício com maior controle

Ao pensar na aplicação de gestão florestal a sua empresa, isso pode lhe parecer caro. Principalmente para aqueles que estão iniciando no ramo ou que vejam a administração das florestas e ativos como um custo.

Isso, entretanto, deve ser repensado. Em geral, empresas com uma precisa gestão têm maior condição de antever problemas, realizar bons negócios e aproveitar oportunidades de mercado. 

E mesmo que os investimentos em sistemas de gestão e na criação de processos possam parecer elevados, eles não devem ser vistos como gastos. Pois ao final das contas, eles podem ser ínfimos frente aos resultados de uma floresta produtiva e bem-negociada.

Confecção de planejamento estratégico

Como toda boa configuração e acompanhamento, a gestão florestal permite a criação de roteiros de ações. Isto é, com uma gestão efetiva, será possível antever o desenvolvimento do plantio, assim como se programar para períodos posteriores.

Isso é muito importante para a definição de metas, pois, possibilita o cálculo de manejo de ativos florestais, colheita etc.

Mitigação de riscos fundiários, trabalhistas e ambientais

Uma boa empresa, livre de maiores riscos, deve estar atenta às questões legais. No setor florestal são frequentes os problemas de ordem fundiária, trabalhista e ambientais. 

A equação dessa série de questões pode parecer complexa, para os gestores florestais mais inexperientes.

De fato, são questões burocráticas e que levam um certo tempo para que uma empresa esteja regulamentada. Além do mais, são temas que se alteram constantemente. 

Por isso, exige-se que o produtor florestal esteja organizado e que sua gestão torne a produção regularizada e o negócio continuamente livre desses riscos. 

Implementação e acompanhamento da gestão florestal

A empresa com uma boa gestão tem plena supervisão sobre os trâmites em seu entorno. Ou seja, desde a comercialização da madeira até o mapeamento do uso do solo. 

Dessa maneira, é importante que a empresa possua um cadastro com suas informações bem atualizadas. Além disso, um sistema de gestão integrado, que proporcione o gerenciamento de toda a área, pode ser um grande diferencial para o sucesso da gestão.

Esses fatores são importantes para garantir o controle e nível de sucesso da gestão. Isso também contribui para que os produtores saibam exatamente onde atuar ou intervir.

Contrate uma consultoria experiente para efetivar a gestão florestal

gestão florestal

Além de todos os benefícios descritos, a gestão pode ser ainda mais produtiva. Nesse caso, ao contar com uma parceria experiente, como a Smart3 Consultoria Empresarial, é possível desenvolver outros fatores como:

  • Supervisão atenta dos processos administrativos;
  • Manejo florestal por meio da utilização da tecnologia;
  • Otimização da produção;
  • Produção dimensionada para o mercado consumidor e;
  • Garantia de cumprimento da legislação florestal.

Além desses pontos, sua empresa terá o suporte adequado que um negócio precisa para ter uma boa gestão florestal.

Conheça nosso trabalho e entre em contato conosco!

CONTATE NOSSOS ESPECIALISTAS!

One Comment

Leave a Reply

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.